29/01
15h

Popularização do Teatro

Espetáculos

Foto: Lucas Lopes | "Sonho de Uma Noite de Verão - Uma Comédia Nordestina Romântica"

A Campanha de Popularização do Teatro, promovida pela Secretaria de Cultura de Campinas, tem início no dia 8 de janeiro, no Teatro Castro Mendes, com uma programação que contempla a diversidade temática e estética. A agenda de espetáculos prossegue até 2 de fevereiro.

No total, serão 35 sessões de 16 produções adultas e 11 espetáculos infantis. Os ingressos, R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada), já estão disponíveis online, pelo site www.sympla.com.br. E poderão, também, ser adquiridos a partir do dia 7 de janeiro, das 16h às 21h, na bilheteria informatizada do Teatro Castro Mendes, que agora também aceita outras formas de pagamento.

Para compras antecipadas, será possível de 50% para compra antecipada até um dia anterior à data do espetáculo, ou apresentação do flyer impresso ou digital no ato da compra, que está disponível no www.campinas.sp.gov.br/governo/cultura/.

Espetáculos

Do reino das sombras ao absurdo de Ionesco, a programação da Campanha promete uma agenda diversificada para todos os gostos e idades, com trabalhos de coletivos representativos da cidade, como Cia. Histriônica de Teatro, Téspis, Grupo Matula, Cia. Ômega, Cia. Manifesto, Grupo de Teatro Evolução, Paraladosanjos, Cia. Eco, entre outros.
A agenda tem início dia 8, às 20h, com a peça “Meia Sola”, da Cia. Eco, formada por atores-estudantes que se encontraram no curso de formação do Teatro Escola Macunaíma, em Campinas. A direção é de Wanderley Martins.

“A Valsa”, com sessões nos dias 10 e 11, às 21h, escrita pelo ator Sérgio Vergílio e dirigida por Hélcio Henriques, traz no elenco  Sérgio Vergílio, Caio Magalhães e Tânia Garcia, e a atriz Glauce Graieb, que retorna ao teatro após um longo período de atuação de sucesso na TV.

“Sonho de uma Noite de Verão – Uma Comédia Nordestina Romântica”, da Cia. Ômega de Teatro, é a atração do dia 15, às 20h. Trata-se de uma versão inusitada do clássico de Shakespeare. Em uma pequena cidade do nordeste brasileiro, deuses, fadas e duendes armam suas confusões em uma envolvente história de amor.

O Grupo de Teatro Evolução participa com o clássico de Eugène Ionesco, “A Cantora Careca”, que marcou a dramaturgia mundial e foi conceituada como a primeira peça do teatro do absurdo, em 1950. Com direção de Jonas Lemos, o elenco reúne atores veteranos da cidade, como Delma Medeiros, Joaquim Andrade, Joel Barboza, Jonas Lemos, Leidy Braz, Luciane Aranha, Ramiro Lopes e Rita Lunardi. As sessões serão nos dias 24 e 25, às 21h.

Para o público infantil, a Campanha oferece também uma agenda caprichada.
O espetáculo “O Reino Sustentável de Oz”, inspirado no clássico “O Mágico de Oz”, será apresentado nos dias 11 e 12, às 15h. De autoria de Vitor Coldibeli e direção de Bruno Ferian, aborda temas que nos mostram a importância do despertar para uma consciência sustentável. Com uma proposta de direção utilizando a linguagem de cartoons, a peça conta com elementos do circo, teatro, música e dança.

“Histórias que a Passarinha me Contou: a Passarinha Encontra as Minhocas”, espetáculo do dia 22, às 15h, une contação de histórias, música autoral, livre brincar e reutilização de materiais descartados. A produção é do Coletivo Passarinha. Aquilo que fora considerado sem utilidade, chamado de lixo, é colocado dentro de cena e transformado em objeto disparador da criação de histórias, músicas e brincadeiras.

A peça “O Menino Maluquinho”, do Téspis, baseada na obra de Ziraldo, com adaptação de Edgar Rizzo, traz momentos da história de um menino que “tinha vento nos pés, umas pernas enormes (que davam para abraçar o mundo) e macaquinhos no sótão”. A montagem, atração do dia 23, dirigida por Nelson Pellissari e Robson Lóddo, traz trilha sonora original executada ao vivo, valorizando o folclore e as cantigas de roda, trabalhando a expressão corporal, a dança e a mímica, valorizando a sonoplastia com instrumentos manipulados pelo próprio elenco.

Livremente inspirado nos livros “Meu Crespo é de Rainha”, de Bell Hooks, e “Cabelo Doido”, de Neil Gaiman,  o espetáculo “Cabeleira Doida”, o  primeiro trabalho solo de Marília Ennes, com direção de Natália Mallo, é atração no dia 31, às 15h. Com leveza, traz questionamentos sobre autoimagem e estereótipos de beleza. Pondera sobre o cabelo como elemento identitário e faz um convite à reflexão sobre estas questões, utilizando depoimentos de pessoas reais que dão novas camadas de sentido às peripécias da personagem.

“AsSombrasSão”, primeiro espetáculo infantil da Cia Histriônica de Teatro, será apresentado nos dias 25 e 26, às 15h. Conta a história de uma menina que é levada para uma aventura em um mundo fantástico, para ajudar sua avó que aos poucos começa a perder algumas memórias. A peça coloca em cena temas como o esquecimento, o amor, o medo e a coragem sem perder o humor, o divertimento e a alegria. Espetáculo dinâmico, que mescla cena, música e teatro de sombras, e narra uma história que gera conexão com pessoas das mais variadas idades, valorizando cada uma dessas fases. Tiche Vianna assina a direção cênica, e Marcelo Onofri é o tresponsável pela trilha e  canções originais.

Como Shun Li, um menino de sete anos, pode salvar a aldeia em que vive na China antiga de um terrível dragão que desperta de um sono de séculos? A resposta para essa grande aventura está no espetáculo “O Dragão de Fogo”, escrito por Cássio Pires, com encenação de Marcelo Lazzaratto e atuações de Eduardo Okamoto, Esio Magalhães e Luciana Mizutani, e direção musical de Marcelo Onofri.  A montagem será exibida nos dias 1 e 2 de fevereiro, recebeu nove pré-indicações, cinco indicações e foi congratulado em três categorias no Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem – Melhor Espetáculo, Melhor Figurino e Melhor Ator Coadjuvante.

Programação

Adulto

Dia 08, quarta-feira, 20h
“Meia Sola”
Cia. Eco
Horário: 20h
Classificação: 16 anos
Duração: 96 minutos

Dia 09, quinta-feira, 20h
“Nunca Desça as Escadas”
Cia. Bivolt
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos

Dia 10, sexta-feira, 21h
“A Valsa”
Com Glauce Graieb, Caio Magalhães, Sérgio Vergílio e Tânia Garcia
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos

Dia 11, sábado, 21h
“A Valsa”
Com Glauce Graieb, Caio Magalhães, Sérgio Vergílio e Tânia Garcia
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos

Dia 12, domingo, 19h
“Refúgio”
Com Alex Conrado, Ana Káthia Guerra, Deni Castro, Emerson Jambelli, Isabella Cardoso, Jefferson Domingues, Marina Brantis, Matheus Toppan e Roh Vaz. Musicistas: Andréia Lucimara e Carlos Henrique Esteves
Classificação: 16 anos
Duração: 110 minutos

Dia 15, quarta-feira, 20h
“Sonho de uma Noite de Verão – Uma Comédia Nordestina”
Cia. Ômega de Teatro
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Dia 16, quinta-feira, 20h
“Chuva e Céu Branco, como uma Folha de Papel em Branco”
Cia. Manifesto
Classificação: 10 anos
Duração: 50 minutos

Dia 17, sexta, 21h
“Um Conto Infinito”
Grupo Matula Teatro
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos

Dia 18, sábado, 21h
“Um Conto Infinito”
Grupo Matula Teatro
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos

Dia 19, domingo, 19h
“Stromboli: Amores à Beira de um Vulcão”
Cia. Segredos
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos

Dia 22 , quarta-feira, 20h
“Panqueca Solamente…”
Com Adriana Marques
Classificação: livre
Duração: 55 minutos

Dia 23, quinta-feira, 20h
“Ensaio sobre Autonomia”
Casa do Pano e Cafezinho Produções
Classificação: livre
Duração: 60 minutos

Dia 24, sexta-feira, 21h
“A Cantora Careca”
Grupo de Teatro Evolução
Classificação: 16 anos
Duração: 90 minutos

Dia 25, sábado, 21h
“A Cantora Careca”
Grupo de Teatro Evolução
Classificação: 16 anos
Duração: 90 minutos

Dia 26, domingo, 19h
“Rosas”
Estúdio Cênico
Classificação: livre
Duração: 1h15

Dia 29, quarta-feira, 20h
“O Homem que Queria ser um Village People”
Com Marcos De Vuono
Classificação:  12 anos
Duração: 50 minutos

Dia 31, sexta-feira, 21h
“”Ex-Pele”
Cia. Cássio B. de Teatro
Classificação: 14 anos
Duração:  100 minutos

Dia 01 de fevereiro, sábado, 21h
“Passageiros do Tempo”
Com Luiz Humberto Siqueira e Joel Marcos Barboza
Classificação: 14 anos
Duração:  70 minutos

Dia 02 de fevereiro, domingo, 19h
“Apague a Luz, Amor!”
Com Luiz Humberto Siqueira e Isabela Dentini
Classificação: 12 anos
Duração: 70 minutos

Infantil

Dia 09, quinta-feira, 15h
“Cinco Sentidos”
Cia. Onda de Teatro
Classificação: livre
Duração: 45 minutos

Dia 10, sexta-feira, 15h
“Cinco Sentidos”
Cia. Onda de Teatro
Classificação: livre
Duração: 45 minutos

Dia 11, sábado, 15h
“O Reino Sustentável de Oz”
Mercúrio Gestão e Produção Cultural
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 12, domingo, 15h
“O Reino Sustentável de Oz”
Mercúrio Gestão e Produção Cultural
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 15, quarta-feira, 15h
“A Bruxa do Chocolate”
Com Zuzu Leiva
Classificação: livre
Duração:  60 minutos

Dia 16, quinta-feira, 15h
“A Bruxa do Chocolate”
Com Zuzu Leiva
Classificação: livre
Duração:  60 minutos

Dia 18, sábado, 15
“Joaninha Douradinha”
Lumax Produções
Classificação: livre
Duração: 60 minutos

Dia 19, domingo, 15h
“Joaninha Douradinha”
Lumax Produções
Classificação: livre
Duração: 60 minutos

Dia 22 , quarta-feira, 15h
“Histórias que a Passarinha me Contou: a Passarinha Encontra com as Minhocas”
Coletivo Passarinha
Classificação: livre
Duração: 40 minutos

Dia 23, quinta-feira, 15h
“O Menino Maluquinho”
Grupo de Teatro Téspis
Classificação: livre
Duração: 45 minutos

Dia 24, sexta-feira, 15h
“Eu Acho que vi o Lobo”
Bantarvi Produções
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 25, sábado, 15h
“AsSombrasSão”
Cia. Histriônica de Teatro
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 26, domingo, 15h
“AsSombrasSão”
Cia. Histriônica de Teatro
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 30, quinta-feira, 15h
“Lara e o Pássaro”
Com Catarina Eichenberger, Gabriel Pangonis, Giovana Telles, Luan Assunção e Rafa Marotti
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 31, sexta-feira, 15h
“Cabeleira Doida”
Paraladosanjos Produções Culturais
Classificação: livre
Duração: 50 minutos

Dia 01 de fevereiro, sábado, 15h
“O Dragão de Fogo”
Sim Produção Cultural
Classificação: livre
Duração: 70 minutos

Dia 02 de fevereiro, domingo, 15h
“O Dragão de Fogo”
Sim Produção Cultural
Classificação: livre
Duração: 70 minutos

Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do teatro.

29/01, às 15h

Desconto de 50% para compra antecipada até um dia anterior à data do espetáculo, ou apresentação do folder impresso ou digital no ato da compra

R$ 20,00 (inteira)
R$ 10,00 (meia-entrada)

Teatro Municipal José de Castro Mendes - Rua Conselheiro Gomide, 62 - Vila Industrial

(19) 3272-9359

www.campinas.sp.gov.br/governo/cultura/teatros-auditorios/jose-castro-mendes.php

Os horários, preços e atrações podem ser alterados pelos organizadores sem prévio aviso.

Informar um problema nesta página

Há alguma informação incorreta ou incompleta nesta página?
Por favor, nos informe abaixo e faremos a correção o mais breve possível.

Página: Popularização do Teatro