Teatro Eva Herz – Campinas

Eva Herz, fundadora da Livraria Cultura, mãe do atual presidente da rede, teve a ideia de abrir um serviço de aluguel de livros na sala de sua própria casa, no bairro dos Jardins, na capital paulista. Para fugir da perseguição nazista, a família havia deixado Berlim, em 1938 e precisava encontrar formas de aumentar o orçamento.

Em 1950, Eva resolveu incrementar o negócio e, além de alugar os livros, passou a vendê-los. Nessa época seu nome já se firmava entre as mães da cidade, que enviavam os filhos à livreira não só para que alugassem ou comprassem exemplares mas também para que se aconselhassem sobre leituras.

Em 1969, ela abandonou o serviço de aluguel e passou a tocar apenas a livraria, então instalada num sobrado na rua Augusta, onde as duas salas da frente serviam de loja e a parte de trás de residência para a família.
No mesmo ano, Pedro Herz assumiu a gestão dos negócios e realizou o sonho da mãe de instalar-se em um lugar mais amplo, no Conjunto Nacional. Foi nesse endereço que a empresa sedimentou o perfil que a tornou conhecida: uma grande livraria, com qualidade, variedade e bom atendimento.

Os horários, preços e atrações podem ser alterados sem prévio aviso.

Informar um problema nesta página

Há alguma informação incorreta ou incompleta nesta página?
Por favor, nos informe abaixo e faremos a correção o mais breve possível.

Página: Teatro Eva Herz – Campinas


[recaptcha]