Estação Cultura / Foto: Ferraresso

Vacinação contra a gripe é ampliada para toda a população em Campinas

Campanha segue até o dia 24 de julho, em todos os Centros de Saúde da cidade

02/07/2020
Vacinacao
Foto: Divulgação

Prorrogada até o dia 24 de julho, a campanha de vacinação contra a gripe foi ampliada para toda a população em Campinas. O anúncio foi feito pelo prefeito Jonas Donizette nesta quarta-feira (1º), durante transmissão ao vivo na internet.

As doses estão disponíveis em todos os 66 Centros de Saúde da cidade. “Estamos falando de gripe e é muito importante receber a vacina para que não haja a confusão de sintomas gripais com Covid. Se você estiver resguardado da gripe, ajuda muito o diagnóstico e a Saúde Pública”, disse o prefeito.

De acordo com a Prefeitura de Campinas, os centros de saúde têm esquemas para evitar aglomeração. Dessa forma, a população pode buscar a vacina sem preocupação, tomando o cuidado de usar devidamente a máscara.

A campanha, que se encerraria no dia 30 de junho, priorizou em um primeiro momento idosos a partir de 60 anos, profissionais de saúde e doentes crônicos. Nestes públicos, a cobertura vacinal atingiu mais de 100%.

Mas a Prefeitura chama a atenção dos pais e responsáveis por crianças de 6 meses a 6 anos de idade, além de grávidas e mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias. Isso porque a cobertura vacinal para esses públicos ainda não atingiu a meta de 90%.

Até o momento, a cobertura vacinal alcançou 55,5% de 74 mil (crianças entre 6 meses), 46,6% de 11.369 (mulheres grávidas) e 51,3% de 1.869 (puérperas/mães recentes).

A vacina contra a gripe protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B. Para saber os locais e horários de vacinação basta acessar o portal da Prefeitura.

Estratégia para ampliar a cobertura vacinal

A Prefeitura de Campinas está solicitando a colaboração de hospitais que tenham maternidades na cidade, para que possam contribuir com a vacinação das mulheres que tiveram bebês nos últimos 45 dias (puérperas).

Dessa forma, a Secretaria de Saúde fez uma proposta aos hospitais para que essas mulheres possam ser vacinadas contra a gripe após o parto, antes mesmo de saírem do hospital. O Hospital Celso Pierro, da PUC, aderiu e deu início à vacinação na última sexta-feira, dia 26 de junho.

ir para o topo

Enviar