Hospital Metropolitano começa a atender pacientes com coronavírus

Medida deve reforçar a assistência aos infectados pela Covid-19

19/06/2020
Foto: Fernanda Sunega | Prefeitura de Campinas

O Hospital Metropolitano começou a atender exclusivamente pacientes de Campinas com coronavírus (Covid-19), a partir da última quarta-feira, 17 de junho. A informação foi dada pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. O hospital conta com 15 leitos de UTI e 28 leitos de retaguarda.

A unidade vem reforçar a assistência aos pacientes com o novo coronavírus. “Os novos leitos são para acompanhar a evolução que a doença tem tido e vamos continuar com a atitude de resguardar as pessoas”, disse o prefeito.

O hospital é porta fechada, ou seja, não haverá atendimento de demanda espontânea, nem pronto-socorro. Apenas pacientes enviados pela Central de Regulação de Vagas serão atendidos no local.

A Prefeitura contratou os serviços do hospital para poder ter mais leitos para aqueles que precisam da UTI e os que precisam de internação clínica para acompanhamento da doença. “Mostra o esforço que temos feito de prestar assistência médica hospitalar às pessoas”, acrescentou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza, lembrou que foi feito um contrato de prestação de serviços que inclui o prédio, os equipamentos e os funcionários em geral, além dos médicos da equipe. O aporte por parte da Prefeitura é de R$ 2,2 milhões por mês.

O Hospital Metropolitano fica na Avenida das Amoreiras, 315, próximo ao Hospital Municipal Dr. Mário Gatti e ao Hospital de Campanha montado na sede dos Patrulheiros.


ir para o topo

Enviar