09/11
2019

Banda Nenauá

Show

Este evento já aconteceu!

Mulherio” é o título do primeiro trabalho da banda “Nenauá” e,  logo de cara identifica-se a força de uma coletividade plural, que compõe e marca de modo expressivo as seis músicas desse EP.

Contemplado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo por meio do PROAC EDITAIS de 2018, o trabalho é carregado de uma ousadia transgressora  das cinco musicistas que compõem o projeto no qual há a integração entre música eletrônica e batucada e, entra num território ocupado majoritariamente  por homens.

A  força coletiva feminina e interseccional do “projeto Nenauá” vem somar às mulheres que, a cada dia se destacam e mostram todo o potencial feminino na cena musical.

O projeto Mulherio da Banda Nenauá se apresenta nos dias 08 e 09 de novembro, sexta e sábado, às 20h no Museu da Imagem e Som.

Projeto musical ousado, contemporâneo e versátil

“Batuque antropofágico psicodélico filosófico contemporâneo – creio que seja a melhor definição quando me perguntam do disco”, brinca Sheila Sanches.

Com essência e concepção feminina o disco foi gravado no estúdio do Mário Porto,  em Campinas, e experimenta o batidão das pistas à multiplicidade rítmica brasileira. Os tradicionais ritmos de Jongo, Samba Reggae, Maracá indígena, Ijexá, Samba, Baião e Rap transitam entre o House, Deep house, Tecno e outras vertentes eletrônicas.  A brasilidade contida na percussão e instrumentos harmônicos como baixo, violão, violoncelo enriquecem os arranjos e quicam juntos aos beats eletrônicos.

Um trabalho estimulante que foge do óbvio ao  reconhecer, respeitar e acolher a diversidade optando por ter várias arranjadoras  ao invés de uma única, também ao incluir a pluralidade étnica e diversa das mulheres .

Musicistas cis, trans, lésbicas, negras, indígenas, brancas, mães, gordas e magras tiveram a liberdade independentemente do conhecimento musical ou acadêmico, para compôr sua participação, sob direção de Sheila Sanches – idealizadora do projeto, que também assina a direção musical e os arranjos harmônicos gerais de Marisa Brisa Molchansky.

A apresentação ao vivo com intervenção videoclipes e participações especiais

O show conta também com o entrelaçamento visual em sua composição Com projeções de videoclipes concebidos especialmente para o álbum, as imagens  trazem representatividade feminina na dança contemporânea e tradicional, problematizando temas como discriminação LGBTQi+ e o genocídio da população indígena.

Os videoclipes foram dirigidos pela cineasta Kit Meneses com concepção da idealizadora do projeto, Sheila Sanches.

 

 

Os horários, preços e atrações podem ser alterados pelos organizadores sem prévio aviso.

Informar um problema nesta página

Há alguma informação incorreta ou incompleta nesta página?
Por favor, nos informe abaixo e faremos a correção o mais breve possível.

Página: Banda Nenauá