Estação Cultura / Foto: Ferraresso

Prefeitura vai cadastrar MEIs para confecção de máscaras de tecido

Profissionais de costura interessados devem se inscrever pela internet

24/04/2020
Foto: Ilustrativa | Pixabay

A Prefeitura de Campinas vai cadastrar costureiras e costureiros que sejam microempreendedoras individuais para fornecer máscaras de proteção individual de tecidos para o município. O material será entregue para a população para ajudar na contenção da disseminação do coronavírus na cidade, conforme anunciou o prefeito Jonas Donizette em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais no dia 22 de abril.

A Secretaria Municipal de Trabalho e Renda esta cadastrando desde o dia 23 de abril os costureiros ou costureiras da cidade que se disponibilizem a confeccionar as máscaras de prevenção, que serão distribuídas gratuitamente à população sem condições de adquirir o equipamento de proteção.

Os profissionais de costura interessados em participar devem se inscrever pela internet, em uma página web publicada no site do CPAT: cpat.campinas.sp.gov.br/costureiras-covid-19. É necessário possuir CNPJ e ser inscrito como microempreendedor individual (MEI).

Ao mesmo tempo que vai atender à demanda de proteção da comunidade, a iniciativa deve oferecer aos profissionais de costura de Campinas uma oportunidade de trabalho e renda em meio à crise econômica provocada pela pandemia. De acordo com o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Peter Panutto, o decreto de calamidade pública de enfrentamento ao novo coronavírus possibilita a contratação direta dos microempreendedores individuais para a confecção das máscaras.

A Secretaria Municipal de Saúde vai orientar os profissionais que forem selecionados sobre como confeccionar as máscaras de acordo com as normas sanitárias de prevenção. O valor a ser pago pela produção das máscaras será fixado com base no valor mínimo pago no mercado.

ir para o topo

Enviar